M2 Arquitetura Interiores & Sustentabilidade | (31) 99800-0372 | (31) 99266-1513  ola@m2arquiteturaeinteriores.com

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle

SUSTENTABILIDADE - Como reaproveitar a água da chuva?

A expressão "medidas sustentáveis" já se tornou um clichê nos mais diversos campos, seja na arquitetura, engenharia e construção ou em escolas, empresas e cidades. Em praticamente todas as áreas do do mercado já existe a preocupação em trabalhar de forma sustentável, isto é, causando o mínimo impacto ambiental e sem prejudicar as gerações futuras. O que acontece é que vários desses termos sobre sustentabilidade são usados tantas vezes que as pessoas nem sempre sabem como podemos alcançá-los e o que são exatamente essas medidas.

Nossa intenção com estas postagens voltadas para a sustentabilidade é passar pouco a pouco novas informações sobre como podemos aplicar algumas medidas na construção civil que reduzam o impacto ambiental das edificações.

"Ser sustentável"

Imagem: "Parque da Cidade - 10 Dicas para começar a ser sustentável em 2015"

O que é reaproveitamento da água da chuva?

O próprio termo já parece bem "auto-explicativo", não é? Porém, é importante comentar sobre algumas questões como, por exemplo: você sabia que a água proveniente da chuva não pode ser aproveitada para tomar banho? Ou que ela não é potável? Mas existem outros usos muito importantes para esta água!

Apesar da água da chuva não ser considerada potável e própria para o consumo humano, ela pode ser usada para a descarga em vasos sanitários, reserva de incêndios, lavagem de calçadas, irrigação de jardins e dessa forma reduz consideravelmente o uso de água potável para estas funções.

Como o reaproveitamento da água pode contribuir para a cidade?

Outra vantagem importante da captação de água da chuva é a redução de enchentes nas cidades, já que parte da água é captada e não fica acumulada sobre o solo impermeável dos centros urbanos.

Usos da água reaproveitada da chuva

Imagem: Montagem feita pela M2 Arquitetura

O sistema de coleta da água é basicamente o mesmo tanto para uma residência, quanto para uma indústria, shopping center,ou para um edifício residencial. O que vai ser alterado é a área disponível para a captação de água no telhado. Ou seja, quanto maior a cobertura, maior a capacidade de captação de água, dessa forma, construções com maiores dimensões horizontais são mais eficientes na coleta.

Como a água da chuva é coletada?

Para começar, é importante que a sua edificação já tenha uma estrutura básica de coleta de água, com calhas e condutores. A água é coletada por este sistema de calhas e será direcionada por um tubo de queda d'água. Neste tubo existe um filtro que separará os resíduos sólidos (como folhas ou pedaços de galhos) e após este processo a água será despejada em um reservatório inferior - que é a cisterna, onde ficará armazenada. A cisterna pode ser aparente ou subterrânea, e é nela que a água vai passar por um tratamento com cloro.

A partir daí, uma bomba vai direcionar a água do reservatório inferior para o superior (caixa d'água) e ela será distribuída para os vasos sanitários e torneiras externas. Uma observação importante é que as tubulações de água potável e água da chuva devem ser totalmente independentes, para que elas não se misturem.

Diagrama de captação de água da chuva

Imagem via Pinterest

E aí, gostou? Siga-nos em nossas redes sociais para saber tudo sobre sustentabilidade e arquitetura sustentável, vamos sempre mostrar conteúdo sobre esse assunto que é tão importante! Estamos no Facebook, Instagram e Pinterest!

#sustentabilidade #arquiteturasustentável #reaproveitamentodeáguadachuva #águascinzas #construçãosustentável